terça-feira, 26 de março de 2013

Vazio

549783_354131091355404_2047569913_n_large 
Uma tarde pode, de facto, tomar um rumo caótico. Os meus únicos desejos vão para que ele volte para casa o mais depressa que for possível para me voltar a preencher o coração: neste momento ele está vazio.
Dou por mim a contar os minutos até que ele regresse, sempre traquina, pronto a mordiscar-me os sapatos, a roçar-me o brinquedo nas pernas para me incitar a brincar. Mas agora, acima de tudo, bastava-me a sua presença calorosa. 
Tornou-se estranho não ouvir o som das suas patinhas a bater no pavimento enquanto se pavoneia pela casa.

1 comentário:

Little m. disse...

Ohhh, ele vai voltar logo, logo!! Força*