terça-feira, 4 de setembro de 2012

Espírito de partilha

Aqui em casa coexiste um espírito de partilha infindável. Fomos educados segundo fixos pilares de altruísmo, introduzindo-nos à importância do 'saber dar', deixando de parte os egoísmos.
Crescemos como crianças habituadas a partilhar toda e qualquer coisa, a brincar em conjunto com um sorriso nos lábios sempre presente, e de certa forma, a partilhar também uma felicidade. 
Alegra-me que, ainda hoje em dia, consiga notar que essa entre-ajuda permanece, ainda lá está. Revelada pelos mais pequenos actos, que seja privar-mo-nos de alguma coisa para presenciar o outro com algo melhor. Sabendo-se espontâneo, não forçado.
Para mim, esta harmonia e equilíbrio são fundamentais a um lar e para a sua mais completa definição. E são valores que planeio transmitir aos meus filhos um dia, quando o momento surgir.

9 comentários:

Maria João Cardoso disse...

tenho novo post no blog de fotografia, passa por lá e clicar no "gostei" se gostares das novas fotos (:

Rita disse...

Espero que sim querida :)

Joana Sá disse...

Concordo, são valores muito importantes :)

Claudina disse...

Concordo com o que escreveste! Partilhar felicidade +.+

Clementine disse...

Oh sem dúvida é essencial :) *

Telma disse...

concordo contigo :)

Inês de Sousa disse...

E acho que são os melhores valores que se podem partilhar.
:)

Nix disse...

Ainda bem que foste educada assim (:

Leonora disse...

Para quem tem irmãs (neste caso só uma) é obrigada a partilhar desde pequena por isso tive de me ir abituadondo.
Eu também espero trasmitir a mesma coisa aos meus, (quando os tiver, claro).