domingo, 28 de outubro de 2012

Quando tudo depende de nós

 
Eu acredito honestamente que conseguimos fazer tudo se a nossa vontade de o querer for grande. Grande o suficiente para o suportar. Depende estritamente de nós. Alcançar o céu e os demais ou ficar pelo caminho, a dois palmos de lá chegar. 
Nós, que impomos limites às nossas possibilidades. Nós, que ditamos os nossos sonhos como irrealizáveis à partida. Pela simples associação à palavra. Sonhos esses que serão tanto possíveis, quanto o espaço que houver para essa intenção de o explorar. 
Agora impossíveis? Não. Apenas requerem de um pouco mais de trabalho, apego, mais uns passos que escolhemos não dar.

3 comentários:

FME disse...

É algo em que concordo com a adidas: "impossible is nothing"

OrquideaBranca* disse...

Eu só os chamo de "sonhos impossíveis" muito depois de tentar, batalhar, espernear para os ter :)

CatarinaO. disse...

algo é impossível quando tiramos da frente dos olhos o nosso objectivo, olhando apenas para os obstáculos