domingo, 30 de setembro de 2012

Como irmãs

Tumblr_mb4fbzn6cv1reml8ao1_500_large
Tenho presente, que nenhuma das nossas palavras proferidas ficaram a pairar no ar.  Também tenho confiança nos nossos momentos passados que nunca soaram ensaiados ou menos verdadeiros. Pois foram tão espontâneos como a nossa amizade.
Esse tempo dá-se agora por terminado, embora não tão bem arrumado como nós tanto desejaríamos.
Estou bem ciente do motivo. Ambas estamos. Detiveste alguma da pouca confiança que depositei de boa vontade em ti. Mal teria a força para suportar seja o que fosse mas esta eclipsou-se. No fundo, desiludiste-me.
Agora admitindo verdades: não acredites se, de alguma maneira, queira parecer que sou capaz de te ignorar irreversivelmente. Nem agora que te vejo todos os dias, nem um dia mais tarde ao passar ocasionalmente por ti na rua o irei conseguir.
Por esse motivo, optei por ilustrar este texto com uma imagem que transborda companheirismo de uma extensa amizade e um amor de irmãs como nós outrora quase tivéramos.

4 comentários:

Melany disse...

Tens de pensar nos bons momentos que já passaram, eu por exemplo nunca tive uma amiga assim :)

Carolina disse...

Eu nunca tive uma amiga assim mas sei que tenho alguns amigos que são como irmãos para mim :)

Daniela Filipa disse...

Eu e a minha melhor amiga somos como irmãs, fazemos tudo juntas, e temos os mesmos pensamentos
http://codigo-adolescente.blogspot.pt/
segues?

May disse...

pensa nos momentos mais positivos :) força*